ROTEIRO PARA TESTE | ARLEQUINA

ROTEIRO PARA TESTE: ARLEQUINA

Pag. 01

Essa tem elementos muito legais. Uma alta, com pernas lindas e curvilínea figura da Arlequina andando na ponta dos pés, ocupando um lado inteiro da pág., virando-se torcendo a cintura e o tronco atravessando o alto da pag. Ela está dando um largo sorriso para nós e segurando um cartão que diz “ROGUES GALLERY”.
Um grande parque de diversões, com duas rodas-gigantes, montanhas-russas radicais, carrosséis e outros brinquedos. É noite , então temos luzes acesas, tornando as coisas ao mesmo tempo alegres e tristes. Muitas pessoas, todas em atividade. Jovens, velhos , crianças com cachorrinhos, alguns bebês, um casal apaixonado carregando algodão doce e por aí vai. Mostre abundância de um jeito interessante.
Arlequina está em cena, mas não a reconhecemos de imediato. Ela está usando uma leve jaqueta com capuz, ocultando detalhes de sua fantasia. Ela parece alguém à toa. A narração é animada: ” Tá se perguntando o por quê do mau-humor, amiguinho? Saudade do meu homem! Nem mesmo a casa dos espelhos me alegrou. Eles me lembraram…dele! Até agora!”
Quadro grande, com o rosto dela no lado esquerdo. Ela percebe um estande daqueles em que você testa sua pontaria atirando com pistolas d’água ou rifles de chumbinho no alvo para ganhar um prêmio. Mas esse é um estande muito legal mesmo. Está escrito “ROGUES GALLERY” no alto e os prêmios são bonecos de meio metro de altura dos vilões do Batman. Várias miniaturas do Charada, Pinguim, Morcego humano, Espantalho e outros, mas apenas UM CORINGA. Uma dupla já está com os rifles prontos para atirar enquanto o gerente (contando dinheiro) fuma um charuto.
(N. T. : O termo ” Rogues Gallery ” refere-se ao álbum de fotografias de criminosos utilizado pela polícia)

Pag. 02

Comece com vários quadros de mesmo tamanho através da metade de cima da pag.
“Preciso ter meu Coringa!” Encarando diretamente dentro da barraca, Arlequina lança um pacote de $$$ para o gerente com uma mão e segura o ticket com a outra. O gerente passao rifle preso ao balcão para ela. Atrás dela nesse ângulo, um cara está disparando calmamente contra o alvo.
Mesmo ângulo. Ela mira e começa a atirar. O cara atrás se empolga, pois ele venceu.
Mesmo ângulo. Sem fala e com um ar imbecil, Arlequina continua disparando.O cara aponta para o Coringa e o gerente estica o braço para pega-lo.
Mesmo ângulo. Ela ainda atira até que o cara se vai. BANG!BANG! CL*K CL*K. O cara sai com o boneco Coringa debaixo do braço.
Mesmo ângulo. Arlequina vira-se para seu lado esquerdo ( de costas para o leitor ) vendo que ele se foi. O gerente está com os braços cruzados esperando e há um espaço vazio onde o boneco Coringa estava. ” Ei, Já era! É o último, dona!”

Pag. 03

Arlequina corre de prente para nós, saindo da barraca, passando pelas pessoas. O gerente está nocauteado com estrelinhas e coringuinhas dançando em volta de sua cabeça e o rifle está torcido em volta de seu pescoço. Ela tira sua jaqueta de forma sexy, revelando toda a fantasia e procura o ganhador do brinquedo.
CORTA PARA: ângulo aberto e abrangente. Arlequina em uma área de carrinhos de batida chamada “SPEED BUMP”. Ela está pulando (mostrar os rastros dos movimentos de maneira bem humorada) através dos carros para o outro lado e os carrinhos estão batendo-se uns nos outros. Faça os carrinhos como as várias versões do Batmóvel através dos anos – anos 40, 50, do seriado de tv dos anos 60, do primeiro filme e da série animada. Referências são encontradas online.
Close médio da Arlequina, olhando para baixo de uma janela. ” Lá está ele!” Mostrar uma visão de uma miniatura dela, em seu ombro, no estilo da série animada, com uma auréola e dizendo: ” Eu não acho que você deva causar um tumulto…” e no outro ombro uma outra Arlequina no mesmo estilo, só que com chifres, segurando atrás um porrete, com o rosto do Coringa pintado ( pode ser com a tinta descascando) dizendo: ” Você não a conhece direito, né? ”
SCRASSH! Ela salta através da janela. Pedaços de vidro por todo lado.Faça reflexos legais nos pedaços maiores, e as pessoas abaixo numa montanha-russa chamada WET & WILD COASTER, olhando para cima e perguntado-se se aquilo faz parte do show.
Arlequina agarra-se no final do carro lotado enquanto ele sobe antes da descida.
O carro desce e ela vai andando para a frente. Seu peito encosta no rosto de um garoto qualquer. “Oops, desculpe! Não diga uma palavra….”

Pag. 04

Ela rasteja sobre as pessoas enquanto o carro desce num ZOOOOOMM. ” Perdão…desculpe… perdão…”
Enquanto o carro faz uma curva violenta, ela se segura e o boneco Coringa é arrancado das mãos do casal por ela vitoriosamente. ” Finalmente! Puxa, Se você quer , você pode !”
SPLOOSH! Ela toma um jato d’água direto de frente, que normalmente passa por cima do carrinho da montanha-russa, nocauteando-a e o boneco voa….
…e cai.
PLOPP! E cai na cabeça dela, todo retorcido, enquanto ela está sentada, toda desanimada, com água pela cintura, pernas para fora, no ponto de partida da montanha russa. Atrás dela a polícia vem correndo com cassetetes e pistolas em punho.
ÚLTIMA CENA OPCIONAL: Dentro do Asilo Arkham, com uniforme de prisão, ela está praguejando #@!% e pulando em cima do agora esfarrapado e ainda encharcado boneco Coringa.

Fonte: Impacto Quadrinhos
www.impactoquadrinhos.com

Facebook