OSCAR 2019 | Alguém ainda liga pra isso?

Eu vi! Estava vendo deste o começo, ainda peguei o tapete vermelho! Fiz como faço todo ano, coloco na TNT desligo todas as traduções em português deixo somente o áudio original. E lá estou eu na frente da TV pronto pra começar a ver o Oscar deste ano. Afinal de contas, neste ano Pantera Negra fora indicado 9 Oscars, apesar de eu achar que não foi tudo isso. Mas tem seus méritos. Bem premiados, por sinal, nas 3 categorias em que levou – as outras categorias – é claro foram pra marcar representatividade. E representatividade foi realmente a tônica da premiação, afinal de contas o Oscar vem nos últimos anos tentando corrigir injustiças do próprio conglomerado cinematográfico, assim como afrontar lideranças políticas e suas ideologias estapafúrdias. Não por acaso a festa estava recheada de atores mexicanos falando em sua língua natural e afrontando o muro da indiferença levantada pelo presidente americano. Justo, justo, nada mais justo que a maior mídia em alcance no mundo possa marcar posição frente as disparidades de um dos governantes mais loucos eleitos em todo o mundo, parece até que o povo deste planeta resolveu chutar o balde em todo o canto deste mundo e votar loucamente em suas representações.

Enfim, estou falando de política porque justamente por causa dela que, assistindo ao Oscar e partindo do pressuposto político podemos perceber que os prêmios foram distribuídos levando em conta esta tônica. Juro pra vocês, eu não vi todos os filmes… não vi… não vi mesmo, mas acertei uns 80% dos prêmios somente fazendo a leitura do momento político, da atmosfera do momento. Só que em alguns momentos como no prêmio de melhor diretor entregue a Alfonso Cuarón, anunciado por Guilhermo Del Toro também Mexicano e que havia ganho no ano anterior pela a Forma D’agua os prêmios de Melhor filme e melhor diretor – acontece o mais estranho. Na hora de premiar o melhor filme não aconteceu como acontecera no ano passado e estranhamente o melhor diretor não fez o melhor filme. Ganha então Greenbook!

Sinceramente não defendo, nem discordo. A verdade é que nem ligo mais. Estamos em uma era em que cada um vê o que quer e ninguém liga mais pro Oscar. O mundo se arrebentando de ver Aquaman… porque o que o povo quer é fugir da realidade mesmo, foi-se o tempo em que as pessoas queriam ver a vida delas representadas na grande tela… hoje elas querem ser super e se sentir empoderadas – como os super heróis…. e se der… no final do mês… tentar pagar todos os boletos que entram por debaixo da porta!

Facebook