24 de junho de 2021

Banana Quântica

Blog fanzine de entretenimento

Falcão e o Soldado Invernal | Eu vi tudo

2 min read

Foram apenas 6 capítulos, uma série curta, mas como é já – tão melhor – que os filmes que aprofundam tão pouco nos personagens. Acho que esse é o futuro gente, arcos de estórias de personagens como acontecem nos quadrinhos… acabem comas sequencias de filmes, transformem em séries curtas, aprofundem os personagens e deixem os filmes do cinema pra porradaria pura e simples… porque na telona é ação mesmo… é o que queremos ver.

Podemos ver em seis capítulos o aprofundamento de questões raciais importantes, reafirmou-se a questão abordada também em Capitão América Guerra Civil onde duas contrapartes de uma mesma guerra, não necessáriamente um delas tem a razão e sim cada um tem seu motivo e ponto de vista que justifica sua ação. O que não verdade não o torna o vilão da estória. Conseguimos até simpatizar com o Barão Zemo – Olhaí a a Marvel fazendo a gente gostar dos “vilões” novamente.

Enfim por mais ridículas que possam parecer as listras e o uniforme, a causa e a importância da luta foram bem fundamentadas na série e todo mundo ficou orgulhoso de ver Sam Wilson de tornando o Capitão América no final. Ao que parece, pelo fim do ultimo capítulo a série promete uma continuação com o nome diferente pra segunda temporada – Capitão América e o Soldado Invernal – assim como uma nova vilã… e não estou falando da Condessa Valentina – que aliás me parece que vi seu nome no crédito vinculado ao s.w.o.r.d – não sei posso ter me enganado, mas será? Voltando a Vilã… Agente 99 – Agente Carter – Mercadora do Poder – a manipuladora da coisa toda… é a mocinha virando vilã, pisando no legado da tia famosa.

Bem vamos aguardar a próxima temporada!!! Essa foi 10 na minha opinião – 5 saltos quânticos pra ela!!

Facebook