DOYON – Para os garimpeiros de plantão, mais uma novidade nos quadrinhos Brasilienses.

Navegando pela internet eis que me deparo com uma grata surpresa no mundo dos quadrinhos brasilienses. Em matéria publicada no portal Alô, me deparo com uma matéria a respeito de um quadrinho feito por autores brasilienses. Como estou sempre remexendo novidades gosto sempre de ler algo novo e se for pequeno, local e em estado de gestação aí que me interesso mesmo.  🙂

Doyon é o nome da publicação, a primeira coisa que fazemos é obviamente acessar o site (http://www.cubocomics.com.br) e por lá já da pra ter uma ideia do contexto da história. E segundo eles o título conta a seguinte estória:

doyonDoyon é a história de um agente da Polícia Especial de Brasília chamado David Silva. Infiltrado no crime organizado da capital do país, se envolvendo em busca de conseguir as informações necessárias a fim de efetivar a prisão de um traficante da região. Após a prisão, o criminoso descobre a verdadeira identidade do agente especial e usa de sua influência para não deixar as coisas tão perfeitas como estão. Vítima de um atentado em sua casa, David perde tudo sobre sua vida e fica em estado vegetativo.

Dias após acordar do coma e passar por uma bateria de exames de check-up, David já não é mais o mesmo e surgem novas dificuldades em seu caminho. Agora paraplégico sua vida definha em um estágio deplorável.

Escolhido por um ser além da compreensão humana, por algo sobrenatural que irá modificar sua vida. Uma nova luz o despertará. Sua verdadeira origem vem à tona. A lenda de um povo Indígena chamado Morubo se revela, transformando-o em um Guardião Doyon.  Com novas habilidades, desconhecidas até mesmo por si próprio, é guiado através do seu novo instinto, David se vê na trilha da única pessoa que sabe a real história sobre seu passado. Entre muita ação e suspense nas ruas e becos de Brasília, uma perseguição em busca dessa testemunha. Rompendo os limites entre herói e vilão.

(sinopse retirada do site da Cubo Comics)


A revista tem o selo independente do estúdio Cubo Comics dos também criadores da revista: Wesley da Costa, Carlos Henrique e Douglas Firmino, 3 amigos – moradores da Ceilândia – que se reunirão para publicar seu trabalho. Informações a respeito do quadrinho também pode ser encontrada no facebook pela página https://www.facebook.com/cubocomics  . É possível, também, baixar o prelúdio da estória d título DOYON disponibilizada no site da própria Cubo Comics, em formato PDF e com 16 paginas da gênese deste novo quadrinho.

Expediente:
Argumento:  Douglas Firmino
Roteiro:  A. Wesley da Costa , Carlos Henrique, Douglas Firmino
Desenho e Cores:  Douglas Firmino
Letras:  A. Wesley da Costa
Revisão: Isabel Maito
A revista completa possui 60 páginas, todas coloridas.
Abaixo um vídeo realizado pela Cubo Comics para promover o título:

Opinião: Quem gravita no mundo dos quadrinhos sabe a dificuldade que é a divulgação de um trabalho apresar de todas as facilidades tecnológicas que dispomos hoje. Ainda que se realize um bom trabalho só a WEB não é garantia de que se possa engrenar. Por incrível que pareça, seu trabalho impresso ganha um prestígio e o valor de propriedade que qualquer fanático por quadrinhos bem sabe que tem. Para isso apoio e patrocínio a difusão de produção local é sempre bem vinda. Boa Sorte a Cubo Comics com a nova empreitada.

Facebook

Deixe uma resposta