Cuidado com a ação promocional da Saga | Escola de artes promete oficinas grátis mas…

Era sexta feira quando recebi a ligação de uma pessoa dizendo ser funcionária da Saga, me perguntando que eu havia estado na ComicCon Experience há um mês atrás. Eu confirmei que sim, havia estado na ComicCon no domingo, quarto dia do evento. Entanto ela me perguntou se eu havia passado pelo stand da Saga, respondi que não lembrava. Ela então me disse que era o stand onde artistas estavam modelando uma escultura em tamanho real. Neste momento eu lembrei que sim, havia passado por lá – os caras estavam modelando uma figura em Clay durante a Comic Con Experience 2014.

Enfim, ela estava me comunicando a respeito de uma promoção para pessoas que compareceram ao evento. A Saga estaria oferecendo uma vaga gratuita para uma das três oficinas a seguir ( Escultura , UDK ou Pintura Digital ). Ela me perguntou qual oficina eu me interessaria, então falei pra ela que meu interesse era fazer a Oficina de UDK – que é um motor para construir Games. Ok, fiquei de passar na sede da saga para conversar a respeito, ela iria me passar um e-mail com o endereço da escola e eu pensei, semana que vem resolvo isso. Mais tarde me ligou novamente, desta vez querendo agendar um horário fixo na sábado, a pretexto de reservar logo a vaga da oficina escolhida.

Oficina Saga - Comic Con Experience

Ok, digito o endereço no Google Maps pra traçar a rota até a escola, é na Lapa, não passa metrô nem perto, peguei meu carro e segui rumo a escola. Chegando ao endereço, já encontrei uma vaguinha bem na frente da escola… Estava tudo se encaixando bem demais, ao pisar na escola e perguntar a respeito da pessoa que me ligou, as atendentes já foram me dando logo uma ficha para preencher. Já na ficha pediam informações sobre os responsáveis e qual série eu estava fazendo no colégio. Pensei enquanto preenchia a ficha… Putz, eu véião 40 anos, provavelmente essa sala vai estar cheia de adolescentes de 13 anos, vamos-lá! Ficha preenchida, obrigado e aguarda ser chamado ali no sofá.

Um tempo depois fui atendido por um rapaz que me mostrou a escola, salas de aula, laboratórios, etc. Depois do Tour pela escola sentamos a mesa onde ele me perguntou qual era minha oficina preferida e respondi que gostaria de fazer a de UDK – que é basicamente um kit de desenvolvimento para jogos em 3D. Então ele me mostrou um vídeo que durou de 15 a 20 minutos e – ao final deste – apresentou uma proposta de curso completo direcionado para a manufatura de jogos.

Sem problemas eu já estava imaginando isso! É pra isso que existe a promoção, então ele me apresentou os valores. A oficina já é sua! dizia ele. E aqui estão todos os valores pagos para se fazer o nosso curso hoje! Ele apresentou todos os valores, matricula, mensalidade, taxas, etc, etc. Então me disse: Mas se o senhor quiser realizar uma prova agora, poderá concorrer a uma bolsa de descontos que reduzirão estes valores. Quando maior a pontuação maiores seriam os descontos para o curso completo. Na pontuação de 1-5 – Reprovado. Logo você não teria o desconto. Ok! Justo. De 6-12 – Aprovado com X % de desconto e 13-20 – Aprovado com ( X + Y )% de desconto. No fim, pelos números apresentados inicialmente, um bom desconto seria dados no curso total.

Até ai tudo bem, é um artifício de venda… Oferecer um pedaço de bolo de graça pra tentar vender o bolo inteiro. O que realmente me deixou pau da vida foi quando, ao final de toda a apresentação de vídeo, da estórias da bolsa, das questões da prova, percebi que nem o bolo de graça eu não levaria.

depois de tudo apresentado, virei pra ele e falei:

Eu: – Não obrigado, não estou interessado em fazer a prova, estou interessado somente na Oficina.

Atendente: – Há então você vai ficar só com o que veio buscar?

Eu: – Só a oficina por favor.

Atendente: – Ok, as oficinas serão realizadas sempre as segundas feira, o senhor vai fazer a tarde?

Eu: – Não, eu trabalho de dia. Vou fazer a noite.

Atendente: – Ok a noite é às 19:30 mas…

E agora entra o Mas do título deste post

Atendente: … mas temos que conferir se ainda há vagas a noite, ligaremos para o senhor para confirmar.

então ligou? Nope!

Liguei lá na terça-feira pedi pra falar com a funcionária que havia me ligado oferecendo as vagas, ela atendeu prontamente achando que eu ainda não havia estado lá. Expliquei pra ela que já havia estado lá, que havia optado por ficar somente com as oficinas que “já eram minhas” e que o funcionário que me atendeu na ocasião havia dito que ela me telefonaria. Expliquei que nada foi dito nem confirmado a respeito das aulas. Ela então perguntou o nome de quem havia me atendido, não lembrava o nome, informei que era homem e fiz uma descrição física. Ok, vou ver com os professores, disse ela – aparentemente era um dos professores! Me avisou que ligaria a seguir, assim que falasse com a pessoa – e desligou prometendo ligar logo em seguida.

e então ligou? Nope again.

e desde então fiquei com a frase do final do atendimento na cabeça…

  …então você vai ficar só com o que veio buscar?

E esta foi minha péssima experiência e impressão da escola de artes Saga. Não precisava nem me ligar com tal pretexto, que com certeza eu não precisaria compartilhar minha frustração com a forma com que o serviço foi oferecido. E depois, só pra constar, segundo a opinião de um observador! Se não conseguiram vender o que queriam antes de oferecerem a oficina de graça, teriam quatro ótimas oportunidades de conseguir novos alunos com a qualidade de conteúdo e exposição de motivos, nas quatro aulas de oficina que seriam realizadas. Vocês estão fazendo isso errado meus caros, não é oferecendo vantagem econômica que se conquista clientes fiéis é oferecendo qualidade e compromisso. E isso já começou errado, começou no atendimento.

 

Nota :. este é um depoimento do que aconteceu comigo – Rodrigo – pessoalmente. Serve como registro e parâmetro para quem estiver procurando ou sendo abordado pelo serviço. Fica a critério de cada um achar ou não relevante o que foi escrito.

Facebook