Crônica da vida urbana | Vilipêndio

Vilipêndio uma palavra pouco usada mas muito aplicada no uso da Língua portuguesa. A cada dia, na prática da pressa abrevia-se conversas com imitações de expressões faciais. Não nos expressamos mas pela palavra. Perdemos a agudez da ideia… Pra onde foram nossas orações? E céu chorou!! Chuva intensa, no mesmo dia em que se celebrava o uso comum da palavra entre os povos lusófonos, queimava em chamas as palavras esquecidas em museu… E assim morreu a língua portuguesa… E todos nós somos culpados pelo crime…. Pelo crime de vilipêndio de cadáver…

 

maxresdefault

Facebook