Crônica da vida urbana | “Smartphones”

De uns tempos pra cá tenho adquirido vergonha de pegar no celular… sério… tem momentos que é quase uma repulsa. Não me entendam mal, não sou avesso a tecnologia.. vivo disso! dependo dela pra comer. E tão pouco é vergonha do meu aparelho… ele já tem um tempinho… mas faz tudo que preciso com a maior presteza, inclusive alguma ligação telefônica vez ou outra.

O problema tem sido sua nova funcionalidade:
A capacidade de ignorar pessoas.

imagine a cena:
Elevador + 10 pessoas dentro.
Probabilidade: 8 em redes sociais, 2 escutando música – altíssima. São pessoas que moram no mesmo prédio, ou trabalham no mesmo lugar ou estão de passagem e perderam a oportunidade de ao menos perceber a presença do outro.

Veja bem… antes existia o constrangimento de olhar pro teto ou o lugar comum da discussão sobre o tempo.

Hoje, não temos sequer a percepção do outro.
A não ser é claro… que possamos baixar um aplicativo pra isso!

 

Facebook