Como montar uma editora de revista em quadrinhos

O objetivo de todos os tópicos a seguir é desmistificar e dar uma visão geral de como um negócio se posiciona no mercado. Quais as variáveis que mais afetam este tipo de negócio? Como se comportam essas variáveis de mercado? Como levantar as informações necessárias para se tomar a iniciativa de empreender?

Inicialmente inseridos nas páginas de jornal com o objetivo de incrementar as vendas, as histórias com personagens ilustrados começaram a complementar o prazer da leitura das notícias, ganhando o gosto dos adultos e fazendo a festa da criançada.

Com o tempo, as ilustrações foram se desvencilhando das notícias e trilhando um caminho próprio, iniciando um novo gênero narrativo: as Histórias em Quadrinhos, também conhecida pelos aficionados como a “nona arte” ou, simplesmente, HQs.

Em 1929, com a criação do marinheiro Popeye e, um ano mais tarde, com o ratinho Mickey, as revistas exclusivamente com histórias em quadrinhos, começaram a ser publicadas, logo tornando populares outros personagens, como o detetive Dick Tracy e o aventureiro do espaço Buck Rogers. Em 1938 uma revolução aconteceu no mundo das HQs. Um alienígena com poderes jamais vistos desembarca na Terra para liderar uma nova legião de personagens: os super-heróis.

Escondido sob a personalidade do tímido Clark Kent, Super-Homem, de Joel Schuster e Jerry Siegel tornou-se um mito e referência para as HQs de todos os tempos. Desde então, gerações de leitores têm se divertido com estes e muitos outros personagens dentre eles Tin-Tin, Batman, X-Men, Tio Patinhas, etc.

Hoje a criação de personagens de histórias em quadrinhos tornou-se um grande negócio. Não é difícil perceber que muitos personagens extrapolaram as páginas dos gibis, sendo reproduzidos em materiais escolares, artigos de decoração, estamparias, animações e muitas outras mídias, gerando royalties para seus criadores.

Apesar de todos os meios digitais disponíveis atualmente as revistas em quadrinhos continuam com sua incrível capacidade de entreter e educar. As HQs são também excelente aliadas dos professores, incentivando novos leitores para o hábito da leitura de livros e auxiliando a educação de jovens e adultos, como por exemplo, através de cartilhas de orientação à vacinação, segurança e medicina do trabalho, programas de conscientização ambiental e muitas outras formas.

Clique no link abaixo e baixe o PDF uma uma breve analise feita pelo SEBRAE para montagem de uma editora

Como montar uma editora de revista em quadrinhos

Para montagem de um plano de negócios mais sério a sugestão é consultar diretamente o SEBRAE mais perto de você.

fonte: SEBRAE

Facebook