Batman | é matéria de graduação no Canadá.

 

Battle_for_the_Cowl_teaser_01

Você pode sr um DCLover, você pode ser um profundo conhecedor de quadrinhos, você pode se aprofundar em seus estudos e pode chegar a inegável conclusão que o Batman é o mais “Badass Motha Fok@ Super Hero Ever!” Mas até aí era só sua opinião.

Você sabia que poderia ter sua tese academicamente amparada e comprovar utilizando metodologia cientifica que o Batman é tudo isso mesmo!?

O curso explorava temas como a utilização de Batman como uma metáfora para o condicionamento humano, tanto fisiológico quanto psicológico, adaptando exercícios e preparação para alcançar objetivos pessoais.

A ideia de explorar os limites da humanidade ao usar a cultura pop e heróis de quadrinhos como um ponto de referência é realmente muito interessante, e poderia ser aplicada em uma variedade de diferentes áreas, desde o marketing à gestão esportiva.

Foi um curso dado na Universidade de Victoria no canadá nos anos de 2013-2014. Veja a página da disciplina

Dr. E. Paul Zehr é o nome do professor que lecionava a Ciência de Batman. Seu objetivo era simples: tornar as crianças mais interessadas em ciências.

“Batman tem evoluído ao longo da existência do personagem. Recentemente, a arte do Cavaleiro das Trevas revela que ele ficou mais musculoso e sombrio, desde que estreou em Detective Comics #27 (maio de 1939). Ele é tema de histórias em quadrinhos, filmes, séries de TV, jogos e tema de alguns livros muito sérios.” – afirma o professor.

O próprio Zehr, que é cientista e diretor do Centro para Pesquisas Biomédicas da Universidade de Victoria, dá palestras regularmente sobre o assunto. Ele escreveu dois livros relacionados com super-heróis: “Becoming Batman: The Possibility of a Superhero” e “Inventing Iron Man: The Possibility of a Human Machine”.

 

 

Ele lançou um terceiro, chamado de “Projeto Superherói”, cujo foco é mostrar o que é preciso para se tornar superherói e é destinado a adolescentes.

Project-Superhero_large

 

Facebook